Casa do Baile

Fundação Municipal de Cultura - PBH

Este espaço cultural, com exposições temporárias, foi projetado em 1943 por Oscar Niemeyer para abrigar uma casa de baile. Integra o Complexo Arquitetônico da Pampulha, estando à beira da lagoa, cercado pelos jardins de Burle Marx. Por abrigar o Centro de Referência em Urbanismo, Arquitetura e Design da cidade, suas exposições giram em torno desta temática, raramente tendo apelo ao público infantil. Entretanto, o edifício e seus jardins, com ponte e laguinho, podem ser interessantes aos pequenos. E como a área de exposição não é grande, a visita em geral é mais breve.

Endereço e Telefone
Av. Otacílio Negrão de Lima, 751, Pampulha. (31) 3277-7443.

Endereços eletrônicos
www.pbh.gov.br/cultura
Site do Museu
Programação do museu

Horário de Funcionamento
3ª a Domingo, de 9h às 18h.

Ingressos
Entrada gratuita.

Estacionamento e Segurança
O espaço cultural não possui estacionamento próprio, mas muitos visitantes estacionam na edificação logo em frente, que está sem uso e possui um recuo na calçada. Entretanto, não conseguimos averiguar se este estacionamento é permitido pela lei, apesar de amplamente utilizado. Outra opção, também do outro lado da via, são as ruas perpendiculares à avenida da orla da lagoa. A segurança na região é ruim. A área possui muitos “flanelinhas”, alguns com postura extremamente invasiva, que aumentam os problemas de segurança, apesar de estarem presentes três guardas municipais no dia da visita. Durante a semana, o entorno é bastante ermo. Como é permitido parar na entrada da Casa do Baile para desembarque, esta é a situação recomendada: desembarcar as crianças e seus pertences e estacionar depois. A visita requer, portanto, mais de um adulto presente. A acessibilidade urbana não é boa. As calçadas do entorno não seguem as normas. Onde há acessibilidade, não há travessia de pedestres sinalizada e vice-versa. No caso de idosos ou pessoas com deficiência, é possível estacionar na entrada do museu, sendo recomendado avisar os funcionários por telefone com antecedência.

Acessibilidade na Edificação e Carrinho de Bebê
A Casa do Baile é acessível, tanto o jardim do entorno, quanto o espaço expositivo. Não é permitida a entrada de carrinhos de bebê, que ficam sob os cuidados do vigia na porta, sendo necessário levar a criança no colo.

Infraestrutura para os bebês
Não possui espaço família e nem trocador. Possui banheiro acessível.

Temperatura
Temperatura ambiente agradável, naturalmente ventilada, sem ar condicionado.

Fotografias e Filmagem
Permitido fotografar e filmar, desde que não seja para fins comerciais.

Lanchonete
Não possui.

Loja
Não possui, vende apenas alguns livros.

Wi-fi
Possui wi-fi gratuito, dentro do projeto BH Digital.
Clique para ler o post “Wi-fi gratuito: BH Digital”.

 

Observação: Esta visita faz parte da pesquisa intitulada “Acessibilidade e Infraestrutura em Museus e Espaços Culturais para Famílias com Lactentes” e seus resultados estarão disponíveis futuramente no site www.acrochaveiga.com.br

Crédito imagem: Site da PBH